A Ternium está investido em um produto que reduz o risco de que as partículas de carvão estocada no pátio de matérias primas sejam arrastadas pelo vento.

O produto chamado de Bioaglopar tem um tom esverdeado, e funciona como um supressor de poeira que, quando aplicado sobre as pilhas de materiais que ficam no pátio de matérias-primas, forma uma película impedindo o arraste pelo vento além de também minimizar a umidade no interior. A iniciativa começou em dezembro de 2019.

"A Ternium tem como valor primordial desenvolver e procurar inovações para preservar o meio ambiente. Após muita pesquisa no Brasil e em outros países, conseguimos encontrar um fornecedor com um supressor a base de celulose que nos dá proteção contra arraste eólico e chuvas moderadas, e diminui a oxidação dos carvões estocados, resultando em um impacto positivo na qualidade das matérias-primas", comenta Alber Toledo, assessor de Operação e Green Partner do Pátio de Matérias-primas e Sinterização.

Ainda de acordo com Alber, a aplicação do Bioaglopar tem impacto positivo na segurança da operação e nas comunidades. "A quantidade menor de água no interior das pilhas em tempos chuvosos diminui consideravelmente a possibilidade de desmoronamento, não expondo nossos colaboradores e evitando impacto em nossas operações com a parada dos equipamentos. Além disso, sua efetividade reduz as chances de qualquer material fino se deslocar pela atmosfera para a comunidade", completou.

Este produto também permite economizar equipamentos para limpar canaletas, diminuindo a quantidade de material depositado e, assim, a frequência de limpeza.

Brasil, no Rio de Janeiro. A unidade de Santa Cruz (RJ) tem capacidade de produção de cinco milhões de toneladas de placas de aço por ano, com alto nível de sofisticação que atende indústrias nos EUA, México, Brasil e Europa. A unidade da Ternium no Rio de Janeiro é a maior produtora de aço de toda a companhia e gera mais de oito mil empregos, com segurança e compromisso ambiental e social. Além do Brasil, a empresa conta com outros 17 centros de produção espalhados por cinco países: México, Argentina, Colômbia, Guatemala e EUA. A Ternium vendeu em 2018 12,4 milhões de toneladas de aço de alta qualidade.