Observando os números, apesar do crescimento em relação ao ano passado, ainda não chegou o momento do crescimento contínuo.

Segundo o Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço – Inda, no último mês de junho o setor de distribuição de aços planos registrou queda em suas vendas na ordem de 8%, quando vendeu 247,5 mil toneladas contra 269,1 mil toneladas do mês anterior. Se for considerado o mesmo mês do ano anterior houve uma alta de 21,9%, pois naquele período foram somente 203 mil toneladas.

SB 190802 Inda vendas 01

Por sua vez as compras registraram queda de 6,5% em relação a maio com um volume total de 230,1 mil toneladas. Em relação ao ano passado a queda apresentada foi de 15%, pois naquele mês as compras apuradas foram de 270,8 mil toneladas.

Com este movimento o giro dos estoques subiu para 3,1 meses de venda, fechando o mês com 774,2 mil toneladas em mãos dos distribuidores.

Por sua vez as importações encerraram o mês de junho com queda de 48,9% em relação ao mês anterior, com volume total de 64,7 mil toneladas. Comparando-se ao mesmo mês do ano anterior (128,4 mil ton.), as importações registraram queda de 49,6%.

SB 190802 Inda vendas 02

No tocante às importações de aços planos no período de janeiro a junho os números apresentados pelo Inda, mostram que do total do aço importado pelo Brasil, 58,9% foi proveniente da China, 15,6% veio da Rússia e a Coréia do Sul nos mandou 6,3% do total. O restante foi pulverizado por outros países.

Segundo os dirigentes do Inda é esperado um reaquecimento para os próximos meses, pois tradicionalmente o segundo semestre tem um comportamento melhor. Já para julho as previsões são de que haja um crescimento ao redor de 8%.

www.inda.org.br