Guia_2019

Banner_Adsense_01

 

 

SB_Mkt_Geral




Segundo dados divulgados pela ABIMAQ, relativos ao mês de janeiro de 2018, foi registrada uma queda de vendas na ordem de 19,1% em relação ao mês anterior que está justificada pela sazonalidade do período aliada a uma redução nas vendas para o mercado interno na ordem de 24,4%. No comparativo com o mês de janeiro do ano passado, a posição manteve-se estável, com queda de apenas 1%. Na mesma ocasião os dirigentes da entidade ressaltaram que com o crescimento verificado a partir do segundo semestre do ano passado onde foi registrado um aumento de 5,8% em relação ao primeiro semestre do mesmo ano é possível esperar que agora em 2018, seja encerrado o ciclo de cinco anos onde seus associados amargaram  índices negativos e queda permanente.

SB 180307 ABIMAQ desem 01

No que diz respeito à exportação o destaque fica por conta do forte crescimento observado no segundo semestre do ano passado o que tornou o resultado anual do comércio exterior positivo. Por outro lado o resultado de janeiro deste ano em relação a janeiro do ano passado (+84,4%) é explicado pois o mês de janeiro de 2017 foi o pior mês de toda a série histórica dos dados da ABIMAQ.

Também neste quesito de exportação os dirigentes da ABIMAQ, esperam que o ano de 2018 seja muito auspicioso, pois há uma melhora na economia de todo o mudo e os equipamentos brasileiros são muito bem aceitos em todo o mundo.   Prova disto é que no quadro dos principais destinos das máquinas e equipamentos brasileiros a Europa e os Estados Unidos  aparecem com melhor desempenho frente à América latina .

Quanto ao Nível de Utilização da Capacidade Instalada, está na casa dos 71,5%, com uma ociosidade beirando os 30%, portanto com grande espaço para crescimento e a carteira de pedidos registra 2,1 meses de pedidos. Por fim o segmento fechou o ano com 291 mil pessoas empregadas em suas empresas, mas assim como nos outros itens espera ver crescer este contingente em 2018.  www.abimaq.org.br

SB 180307 ABIMAQ exp 02