A Usiminas divulgou que reverteu um prejuízo líquido de R$ 19 milhões no segundo trimestre para um lucro líquido de R$ 289,1 milhões, apresentando o melhor Ebitda Ajustado trimestral em oito anos. O número atingiu R$ 702,8 milhões representando uma elevação de R$ 183,9 milhões em relação ao trimestre anterior quando ficou na marca de R$ 518,8 milhões. A margem de Ebitda Ajustado no período foi de 18,2%, contra 16,2% no segundo trimestre do ano.

Segundo Sergio Leite, presidente da Usiminas, “Mesmo com as dificuldades impostas pela economia do país e com os enormes desafios que enfrentamos internamente, nossos colaboradores conseguiram se superar e empreender os esforços necessários para a geração de resultados. Contabilizamos uma produção de 845 mil toneladas de aço bruto na usina de Ipatinga no terceiro trimestre e conseguimos manter a produção de laminados estável. Produzimos mais, elevamos nossas vendas e conseguimos melhores preços”.

www.usiminas.com.br