Guia_2019

SB_Mkt_Geral




Avança a produção de aço

Veja em matéria específica, na página 6 desta edição, o posicionamento do IABr, que representa as usinas de aço brasileiras em relação aos efeitos danosos que a greve dos caminhoneiros causou ao setor.

No que diz respeito às estatísticas, no acumulado dos primeiros quatro meses do ano a produção de aço bruto revelou um avanço de 4,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando 11,6 milhões de toneladas. Já a produção de laminados foi de 7,8 milhões de toneladas com um avanço na ordem de 7,1% em relação ao ano passado.

As vendas internas de aço foram de 5,9 milhões de toneladas de janeiro a abril de 2018, o que representa uma elevação de 14,7% quando comparado com igual período do ano anterior.

Já no quesito Comércio Internacional as exportações atingiram 4,7 milhões de toneladas e US$ 2,9 bilhões nos quatro primeiros meses que representam, respectivamente, aumento de 0,6% e 23,9% na comparação com o mesmo período de 2017. Na outra mão de direção as importações foram de 791 mil toneladas no acumulado do primeiro quadrimestre aumentando 0,1% frente ao mesmo período do ano anterior. Em valor, as importações atingiram US$ 872 milhões, uma alta de 29,2% no mesmo período de comparação.

A boa notícia fica por conta do aumento do consumo aparente no Brasil e que demonstra que há um avanço e um crescimento que vem se mantendo consistente durante todo o período. O consumo nacional de produtos siderúrgicos que foi de 6,7 milhões de toneladas no primeiro quadrimestre do ano, o que representa uma alta de 13,4% frente aos primeiros quatro meses de 2017.

www.iabr.org.br