Guia_2019

SB_Mkt_Geral




José Paulo Marin, diretor da Balanças Navarro, concedeu uma entrevista exclusiva a revista Siderurgia Brasil na qual revelou que aproveitou o tempo de recessão econômica para projetar seu crescimento e seu futuro.
Um dos grandes desafios das empresas nos tempos modernos é encurtar, através de avanços tecnológicos, o caminho da modernidade e da eficiência visando aumentar sua competitividade. O mundo empresarial está globalizado e é grande a disputa por mercados de inúmeros produtos entre países, empresas e até entre as pessoas. Surgem novos produtos a todo instante e neste momento seu concorrente pode estar do outro lado do mundo, mas seu consumidor pode ter facilmente acesso a ele.
Nas indústrias mais variadas e aqui falamos principalmente daquelas que comercializam aço e seus derivados um dos desafios mais presentes é quanto o seu estoque, sua expedição e sua logística. Os sistemas de controle exigem precisão e confiabilidade cada vez com maior rapidez.
Já esta definitivamente ficando para trás, aquele tempo em que o operador pesava o fardo ou a bobina de aço, anotava manualmente em uma planilha e depois outro funcionário iria digitar em um programa de estoques ou de expedição. Há neste intervalo vários momentos passíveis de falha humana que poderão comprometer toda a operação.
Para acelerar tais mudanças e manter-se no nível da concorrência internacional a Balanças Navarro, que está completando 60 anos de vida dedicados a processos de pesagem, possui várias linhas de equipamentos que vão desde balanças de 3 a 50 mil quilos, em forma de plataformas, ganchos suspensos, de bancadas e piso ou até em modelos customizados com as melhores soluções para cada caso.
A Balanças Navarro está concluindo o desenvolvimento de um novo produto que são as “balanças contadoras de peças”, cujo lançamento está previsto para o início do próximo ano.
A empresa que foi fundada em 1957 pelos irmãos José Maria Barquilha Navarro e Lucas Marin Barquilha em uma garagem improvisada no bairro do Pari em São Paulo, hoje funciona na Vila Guilherme, mas está com seu plano de expansão em andamento e pretende levar a indústria para o interior de São Paulo em um raio de 100 km da capital paulista.
Assim como toda a economia brasileira a empresa amargou um retrocesso de cerca de 20% em seus negócios entre os anos de 2013 e 2016, mas já avistou sinais de recuperação em 2017 e projeta uma expansão na casa dos 12% para 2018.
Marin, o atual diretor e proprietário da Balanças Navarro se mostra muito otimista e entende que o crescimento de setores onde ele atua como o setor siderúrgico incluindo as usinas e os processadores e distribuidores, as fundições, a indústria eletro eletrônica, de papel e celulose, além dos setores do agro negócio, como produtores de sementes, insumos e fertilizantes agrícolas, fará com que sua empresa encare um novo surto de desenvolvimento imediatamente.
Perguntado sobre a eficiência e modernidade de seus produtos, Marin afirma que atualmente as empresas mais desenvolvidas do mundo trabalham com processos de pesagem acoplados, ou seja, as medições relativas a peso do produto são transmitidas online diretamente para os sistemas integrados sem a intervenção de operadores que resulta numa economia de mão de obra e tempo, além da plena garantia de um resultado final sem falhas. Sua empresa vem oferecendo este tipo de solução cada vez com maior frequência.
Afirmou ainda que a Balanças Navarro está entre as três maiores empresas fornecedoras de balanças suspensas e disse que em seu cardápio de ofertas oferece produtos de sua fabricação, de fabricantes nacionais e produtos importados como “Sistemas integrados de colheita para madeiras e sucatas ferrosas” ou “ Sistemas integrados de colheita de produtos agrícolas e indicadores de peso” para usos diversos em áreas classificadas.
A empresa possui todas as certificações internacionais de qualidade como ISO 9001 e 17025, além das autorizações de INMETRO e órgãos credenciados para aferição e liberação de equipamentos de pesagem.
Por último a empresa possui um moderno centro de assistência técnica que atende não somente seus equipamentos quanto o de outras marcas, pois Marin acredita que o equipamento de pesagem é peça fundamental e a sua parada pode acarretar sérios prejuízos para o bom funcionamento da empresa.
Complementa dizendo que mesmo tendo passado por desafios que em determinados momentos pareceram insuperáveis a retomada do crescimento econômico e a retomada dos negócios que vem se consolidando colocam a Balanças Navarro aos 60 anos, como uma senhora jovem e pronta para novos desafios.