SB_Mkt_Geral




Segundo dados divulgados pelo Instituto Aço Brasil no ultimo mês de maio a produção brasileira de aço bruto foi de 2,8 milhões de toneladas,  que representou um crescimento de 2,9% frente ao mesmo mês de 2018.

Já a produção de laminados planos  foi de 2,0 milhões de toneladas, 2,1% menor que a registrada em maio de 2018.

A produção de semiacabados para vendas foi de 647 mil toneladas, uma retração de 18,1% em relação ao mesmo mês de 2018¹.

O crescimento foi puxado pelas vendas internas que aumentaram 31,3% frente a maio de 2018, atingindo 1,5 milhão de toneladas.

Também apresentou um bom resultado o consumo aparente de produtos siderúrgicos que foi de 1,7 milhão de toneladas, 28,2% acima do apurado no mesmo período de 2018.  Tem de ser destacado que o fato de que em  maio de 2018 ter havido a greve dos caminhoneiros, o que deprimiu a base de comparação.

Desta forma, as variações positivas das vendas internas e consumo aparente de maio de 2019 devem ser analisadas tendo em vista essa distorção estatística.

Quanto ao Comércio Exterior as importações alcançaram 1,1 milhão de toneladas no acumulado de janeiro a maio de 2019, uma alta de 5,3% frente ao mesmo período do ano anterior. Em valor, as importações atingiram US$ 1,1 bilhão, uma queda de 1,0% no mesmo período de comparação. E quanto as exportações, segundo o Instituto Aço Brasil, há ainda problemas de apuração de dados  e inconsistências nos dados da SECEX/MDIC², que poderão ser passíveis de revisão.em relação   

Com relação a produção mundial de aço, houve um crescimento de 6% por no ano passado foram produzidas 572.594 milhões toneladas e já em 2019, esta produção alcançou 599.856 segundo dados da World Steel Association.