Guia_2019

Banner_Adsense_01

 

 

SB_Mkt_Geral




A Usiminas concluiu a  reforma de Alto Forno  1 que está pronto para sua reinauguração. Com isso aumentará sua produção.

SB 180307 Usiminas reformasAF1 02A Usiminas  inicia a contagem regressiva para reativação do Alto-Forno 1 da Usina de Ipatinga após  nove meses do anúncio das obras para reforma.  A obra seguiu o cronograma anunciado pela empresa e, no momento, está na fase de teste de equipamentos e sistemas, com previsão de inauguração para o próximo mês de abril. Este é um claro sinal de retomada da atividade pelo aumento na produção de aço. A expectativa é aumentar a produção de ferro-gusa e atender a crescente demanda de mercado.

A definição da retomada do Alto-Forno 1 foi tomada  pelo Conselho de Administração da Usiminas em maio de 2017, juntamente com os primeiros sinais de reaquecimento do mercado siderúrgico. “A Usiminas apresentou bons resultados em 2017 e temos boas perspectivas para 2018. A retomada do Alto-Forno 1 irá fortalecer nossa competitividade e reacendê-lo dentro do prazo previsto demonstra que toda a equipe está engajada na conquista desse resultado”, afirma o presidente da Usiminas, Sergio Leite.

Foram investidos R$ 80 milhões nesta reforma e tal procedimento movimentou a economia local com geração de quase 600 empregos diretos e indiretos. Para o retorno operacional do Alto-Forno, 86 empregados diretos já foram contratados para atuar nas áreas de Redução e Aciaria e a expectativa é que o número chegue a 120 vagas com a contratação em áreas relacionadas.

A obra foi executada pela Montagem Industrial da Usiminas Mecânica, está na fase de reparo da carcaça do Alto-Forno 1 e trabalhos nos regeneradores (equipamento que tem a função de aquecer o ar que alimenta o alto-forno a mais de 1.000ºC). Testes individuais estão sendo realizados em todos os equipamentos já montados, bem como nos sistemas integrados.